• Instituição do Programa Social de Reestrutura Familiar Obrigatório;
  • Instituição de Lei que regulamenta instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos, com monitoramento constante, detectores eletrônicos de metais e catracas eletrônicas nas entradas de todas as Instituições de Ensino Público do Distrito Federal;
  • Instituição do horário integral do Ensino Fundamental e Médio, nos Estabelecimentos de Ensino Público do Distrito Federal, com cursos profissionalizantes;
  • Instituição no Currículo Escolar do Ensino Público Fundamental e Médio, à obrigatoriedade de Noções Cívicas e Religiosas;
  • Instituição no Currículo Escolar do Ensino Público Fundamental e Médio, à obrigatoriedade de Noções Musicais;
  • Instituição no Currículo Escolar do Ensino Público Fundamental e Médio, à obrigatoriedade de Noções do Código de Trânsito, da Lei Maria da Penha e da Lei Seca;
  • Instituição de Lei que regulamenta instalação de câmeras de segurança em pontos estratégicos, nas ruas e esquinas de todas as quadras do Distrito Federal, com monitoramento constante pelo COPOM;
  • Ronda policial permanente e diuturna com Policiais Militares em motos, em dias de aula, cobrindo toda área externa das Instituições de Ensino Público.
  • Ronda diuturna com Policiais Militares motorizados, seja em viaturas ou em motos, cobrindo cada quatro quadras residenciais do Distrito Federal, cada equipe;
  • Redução na taxa de esgoto para 10% do valor principal;
  • Instituição de lei do voto direto para Administradores Regionais do Distrito Federal; 
  • Ampliação das linhas metroviárias, estendendo-as às todas as Cidades Satélites restantes, como Brazlândia, Gama, Núcleo Bandeirante, Cruzeiro, São Sebastião, Paranoá, Varjão Sobradinho e Planaltina;
  • Limitar em 2 Mandatos de quatro em quatro anos, com concessão de aposentadoria proporcional após oito anos aos Parlamentares Distritais;
  • Instituição da Lei de Vadiagem e desocupado;F
  • Instituição do Imposto Único sobre o valor acrescentado ou agregado – IVA em 5% genérico;F
  • Redução do Percentual de descontos do INNS na folha de pagamento do Servidor Público ativo e inativo de 11% para 8%, tornando-se gradativamente extinto a partir da aposentadoria com redução de 20% a cada ano até extinção total;F
  • Redução no Imposto de Renda Retido na Fonte para 5%, 10%, 15% e 20%, consecutivamente;F
  • Instituição do voto facultativo.F